Últimas

www.
Home / Notícias / Eventos / Prêmio Movelpar quer evidenciar design na indústria moveleira
Prêmio Movelpar quer evidenciar design na indústria moveleira

Prêmio Movelpar quer evidenciar design na indústria moveleira

Lançamento foi apresentado por Mônica Barbosa reconhecida como a voz do design no Brasil, e contou com palestra de Marcos Batista que é apresentador do programa INOVA360 na Record News, no quadro “Design & Inovação”

Monica Barbosa, Marcos Batista, Rosana Belo e Cândida Cervieri (executiva da Abimóvel)

Empresários moveleiros e profissionais ligados ao design participaram do lançamento do Prêmio Movelpar de Design realizado na manhã desta terça-feira (6) no Expoara – Centro de Eventos. A iniciativa, que contou com o apoio da Abimóvel – Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário – e da Apex Brasil (Agência de Promoção da Exportação do Brasil), quer se consolidar como uma premiação que chancela o investimento no design como atributo de competitividade.

A participação no prêmio é exclusiva para os expositores da Movelpar 2019 e contará, nesta edição, com a curadoria de Mônica Barbosa, reconhecida como a voz do design no Brasil, e Marcos Batista, apresentador do programa INOVA360 na Record News, no quadro “Design & Inovação”.

Para Mônica, o Prêmio Movelpar de Design será um reconhecimento para profissionais, empresas e industrias que usam o design para deixar seus produtos mais competitivos. “Com este prêmio, a Movelpar torna-se parte de um seleto grupo que entende que o design é estratégico para posicionamento da indústria no cenário de competitividade, estimulando a competência no design para gerar valor comercial. O foco é criar a compreensão do design aplicado para a indústria como ferramenta de criatividade e inovação, sendo capaz de trazer relevância econômica para o setor”, afirmou.

Marcos Batista ressaltou o novo momento de consumo que integra a nova economia e a importância das marcas se identificarem com propósitos para que possam se posicionar no atual mercado consumidor. “As pessoas querem a experiência que o design proporciona. Estamos em uma sociedade movida pela emoção onde as empresas passam a vender experiências e não mais commodities. Não vendo mais produto e sim experiências do que o produto proporciona”, afirmou.

A presidente do Expoara, Rosana Belo, ressaltou que o design tem sido considerado pelas empresas moveleiras do polo de Arapongas como essencial para o setor inovar e se desenvolver. “Estamos certos de que as mudanças que vamos vivenciar são de natureza cultural e, portanto, necessitamos realizar exercícios em conjunto com as alterações tecnológicas, com as simplificações de processos e com as decisões sustentáveis e dinâmicas”, enfatizou.

A equipe de jurados do prêmio será formada por membros da imprensa especializada, arquitetos, designers, acadêmicos e especialistas das indústrias. Os participantes poderão se inscrever em duas categorias – Grandes e Médias Empresas com oito modalidades, e Sebrae/APL de Móveis, direcionado às marcenarias.

As modalidades para a primeira categoria são móveis para sala de estar; móveis para sala de jantar e copa; móveis para quarto; móveis para cozinha; móveis para banheiro; móveis para área externa e linha rústica; móveis infantis; e móveis corporativos e escritórios.

As inscrições serão recebidas pelo site movelpar.com.br/premio a partir do dia 09 de novembro e até o dia 18 de dezembro. O valor será de R$ 100,00 por produto inscrito. Os participantes deverão enviar fotos dos protótipos até o dia 08 de fevereiro, com todos os detalhamentos dos produtos criados. A classificação será anunciada até 25 de fevereiro em lista publicada no site da www.movelpar.com.br.

Na Movelpar 2019, de 18 a 21 de março, a votação do júri está marcada para o dia 18 de março e a premiação para o dia 19 de março no Expoara. Cada modalidade da categoria Grandes e Médias Empresas será premiada do 1º ao 3º lugar. A categoria Sebrae/APL de Móveis também premiará os três melhores projetos. Entre os critérios de avaliação estão inovação e produção (grau de inovação e viabilidade da produção); funcionalidade (usabilidade e ergonomia); estética (apelo emocional e ambientação); e sustentabilidade e responsabilidade (uso consciente dos recursos).

 

 

 

Por Claudia Romariz

Imagens: Paulo Morelli

About Mega Moveleiros

Portal de notícias e negócios para marcenarias, indÚstrias e revendas do setor moveleiro no Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top