Últimas

www.
Home / Notícias / Indústria / Polo moveleiro: Rio Negrinho se mantém sem casos confirmados de coronavírus
Polo moveleiro: Rio Negrinho se mantém sem casos confirmados de coronavírus

Polo moveleiro: Rio Negrinho se mantém sem casos confirmados de coronavírus

Há apenas um caso suspeito, que aguarda resultado de exame encaminhado para o Lacen

Rio Negrinho segue, até esta segunda-feira dia 23 de março, sem casos confirmados de coronavírus em seu território. Um caso é tratado como suspeito, cuja coleta de material já foi feita e encaminhada ao Laboratório Central de Santa Catarina para confirmação ou descarte da doença. O homem, apesar da suspeita, não apresenta quadro grave, mantendo isolamento em casa.

Além do caso suspeito, a Secretaria de Saúde de Rio Negrinho monitora 12 pessoas que apresentaram sintomas isolados da doença, como febre, dor de garganta, dificuldades respiratórias. Porém, como em geral apresentam apenas um dos sintomas e de forma branda, são monitorados pela equipe médica. “Caso os sintomas se tornem mais fortes, ele passa a ser considerado como suspeito. Por enquanto, seguimos monitorando, com todos isolados em casa”, explica a secretária de Saúde Maria de Fátima Mendes Afonso.

Nesta segunda-feira também foi instalada uma barraca para triagem de pessoas na Unidade Central (CIS). Já a partir desta terça-feira, os postos de Saúde dos bairros Campo Lençol, Industrial Norte, Vila Nova, Vista Alegre, São Pedro, Quitandinha, Cruzeiro, Volta Grande, São Rafael passam a atender das 8h às 14h, visando reduzir o deslocamento dos trabalhadores da Saúde. Os postos Central e do Jardim Hantschel continuam atendendo das 7h às 19h.

A Prefeitura de Rio Negrinho também está disponibilizando atendimento em saúde mental à comunidade. Pessoas que necessitem de atendimento, devem ligar no 3646-4100 ou 99933-2362 e deixar seu número, que um psicólogo retornará o chamado.

Sanitização

Nesta terça-feira também ocorre um processo de sanitização de diversos ambientes públicos. O objetivo, explica o prefeito Julio Ronconi, é diminuir a circulação de microrganismos críticos para saúde pública, como o coronavírus. O processo é o mesmo que parte da Europa está adotando. A medida vai priorizar locais de maior circulação de pessoas nesse momento, como farmácias, supermercados e as unidades de Saúde.

 

 

 

Por Fabiano Kutach

Imagem: Freepik

About Mega Moveleiros

Avatar
Portal de notícias e negócios para marcenarias, indÚstrias e revendas do setor moveleiro no Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top