Últimas

www.
Home / Notícias / Empresas / Os impactos do celular no ambiente de trabalho
Os impactos do celular no ambiente de trabalho

Os impactos do celular no ambiente de trabalho

Veja como essa poderosa ferramenta portátil influencia no trabalho e como encontrar um meio-termo que seja bom para ambas as partes

Os celulares fazem parte do cotidiano no mundo moderno. Conforme a 29ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, divulgada em 2018 pela FGV-SP, há 220 milhões de smartphones ativos no Brasil.

O número impressiona, já que é 5,51% maior do que a população brasileira, estimada em 208,5 milhões de pessoas, de acordo com estimativa divulgada pelo IBGE em agosto de 2018. Em média, a cada 95 brasileiros, há 100 celulares.

Isso também pode impactar na produtividade no trabalho, já que as notificações de aplicativos de mensagens, redes sociais e e-mails distraem a atenção dos colaboradores, que por sua vez produzem menos do que sua capacidade real.

Conheça estatísticas que mostram a influência dos smartphones em ambientes de trabalho, bem como recomendações que ajudam a encontrar um meio-termo e fazer com que o uso dos aparelhos não seja interrompido, mas sim controlado.

Qual é o impacto causados pelos celulares no trabalho?

Há diferentes estudos e pesquisas em relação a esse assunto, os quais trazem dados e estatísticas interessantes. Confira quais são eles e alguns dos dados mais relevantes:

Global Mobile Consumer Survey 2018, pesquisa anual feita pela Deloitte, com dados de brasileiros:

  • Mais de ⅓ dos entrevistados sentem que precisam olhar o celular com frequência.
  • 76% disseram que usam frequente ou muito frequentemente o celular em seu horário de trabalho para fins pessoais.
  • 33% disseram que usam com muita frequência o celular para resolver assuntos profissionais fora do horário de trabalho, enquanto 30% o fazem com frequência e 28% apenas de vez em quando, resultando em 91% de colaboradores que usam seus smartphones para trabalhar mesmo fora de horário.
  • As três principais atividades desempenhadas com o celular fora do horário de expediente foram, nessa ordem, responder e-mails, mensagens dos superiores ou atender a ligações relacionadas ao trabalho.

Pesquisa feita pela OfficeTeam, pertencente à Robert Half, em 2017:

  • Colaboradores entrevistados afirmam que gastam aproximadamente 56 minutos por dia usando seus celulares para fins pessoais, o que resulta em aproximadamente 5 horas por semana.
  • No grupo de funcionários de 18 a 34 anos, o número é maior: são 70 minutos por dia no celular, ou seja, quase 6 horas por semana.
  • Gerentes sênior estimaram que seus funcionários gastavam 39 minutos por dia em seus celulares para fins pessoais enquanto estavam no trabalho.

Samsung Enterprise Mobility Trend Study, pesquisa feita em 2017 pela empresa sul-coreana:

  • 93% dos colaboradores que possuem um smartphone utilizam-o diariamente para fins profissionais.
  • Tais colaboradores gastam 33% do horário de seu trabalho usando o smartphone.
  • Os celulares são usados 8,7 vezes por dia para checar o e-mail, número que varia para 8,5 em mensagens de texto, 7,9 para ligações, 7,2 para notificações e alertas, 6,4 em pesquisas de internet, 5,5 para acessar aplicativos corporativos, 4,7 para visualizar ou editar documentos e 4,5 para acessar sites corporativos.
  • 4 a cada 10 entrevistados dizem que o smartphone substituirá a necessidade de um computador tradicional em alguns anos (26%) ou já é capaz de substituir (14%). Outros 18% dizem que isso acontecerá dentro de 5 anos.
  • 50% dos entrevistados que trabalham com smartphones dizem que aproximadamente metade das suas atividades poderiam ser desempenhadas apenas com seus smartphones.
  • 62% afirmam que deixariam de usar computadores tradicionais se pudessem conectar periféricos, como monitor, teclado e mouse.

Como se beneficiar com o celular no trabalho?

Através de um uso consciente, moderado e equilibrado do aparelho. As pesquisas mostram que os aparelhos podem ter pontos positivos e negativos, de acordo com o quanto e como são usados.

Ao instaurar uma política de uso dos smartphones no ambiente corporativo, é possível fazer com que a produtividade e eficiência dos colaboradores seja alta, sem abrir mão de alguns momentos de descontração. Confira algumas dicas para conseguir alcançar esse patamar em sua empresa:

Inicie um planejamento de BYOD

Existe um termo chamado de BYOD, sigla para Bring Your Own Device (traga seu próprio dispositivo), que em outras palavras é a liberação para que os colaboradores tragam seus smartphones e dispositivos portáteis para o trabalho.

Essa é uma medida popular entre os colaboradores, já que traz a liberdade que eles desejam para trazer seus dispositivos. Porém, a empresa precisa estabelecer um esquema de segurança reforçado para que o uso de celulares e notebooks próprios coloque em risco seus dados e informações sigilosos.

Estabeleça pausas no trabalho

A chave para alcançar máxima produtividade nem sempre é ter horários ininterruptos. Na verdade, essa não é uma boa opção para que os colaboradores sejam mais produtivos.

De acordo com uma pesquisa feita pelo aplicativo DeskTime, usado para gestão de tempo e produtividade, os 10% dos usuários mais produtivos tinham em comum o fato de trabalhar por 52 minutos e depois fazer uma pausa de 17 minutos, similar ao que se vê na técnica Pomodoro.

Os intervalos não necessariamente precisam ser esses, mas colaboradores que desfrutam de pausas em seu cotidiano conseguem descansar o corpo e a mente e, assim, produzir melhor. Durante esse tempo, eles podem usar seus smartphones para fins pessoais sem problemas.

Não deixe o smartphone ao seu alcance

O simples fato de ter o celular ao seu alcance pode drenar sua produtividade. Essa foi a conclusão de um estudo feito pela McCombs School of Business, da Universidade de Texas.

Deixe o celular dentro da gaveta da sua mesa, o que o fará estar fora de sua vista. Assim, você não será tentado a olhar para a tela a todo momento, o que te permitirá manter o foco necessário para ter um bom desempenho no trabalho.

Extraia os pontos positivos que o celular pode trazer no trabalho

Usar o celular durante o dia inteiro no trabalho não é bom para a sua produtividade, mas isso não quer dizer que você tenha que abrir mão completamente dele. O segredo está em saber usá-lo moderadamente e de uma forma que lhe seja benéfica.

Ao manter o bom senso para o uso do celular, seu desempenho profissional será notável, seja na área operacional, de planejamento, na gestão de contas ou onde você atuar. Afinal de contas, em pleno século XXI, é quase inimaginável deixar os smartphones de fora da nossa rotina.

 

 

 

Por Maria Gabriela

Imagem: Freepik

 

About Mega Moveleiros

Portal de notícias e negócios para marcenarias, indÚstrias e revendas do setor moveleiro no Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top