Últimas

www.
Home / Notícias / Artigos de Opinião / Limpa e renovável, aumenta busca por energia solar fotovoltaica no Brasil
Limpa e renovável, aumenta busca por energia solar fotovoltaica no Brasil

Limpa e renovável, aumenta busca por energia solar fotovoltaica no Brasil

Artigo do gerente do Departamento de Energia Solar da Quantum Engenharia, Julio Cesar Ferreira da Silva

O modo de pensar e agir está sendo reformulado em todo o planeta diante da pandemia de covid-19. Parte da população está recuperando hábitos mais simples, saudáveis e econômicos, como redescobrir o prazer de cozinhar seu alimento em casa e comprar em pequenos mercados de amigos. E um dos mais importantes pensamentos tem sido o da preservação do meio ambiente, como a necessidade de diminuir o uso de plástico e promover o reflorestamento.

É um bom momento, portanto, para se destacar a geração de energia limpa e renovável, como é o caso da energia solar fotovoltaica. O Brasil é um dos países que mais recebe irradiação solar, o que faz com que tenha alto potencial de desempenho dos sistemas fotovoltaicos. Por outro lado, vive uma crise hídrica que dura alguns anos, fazendo com que a tarifa de energia elétrica sofra alterações em meses de estiagem.

E como economizar dinheiro e ajudar o meio ambiente são bons argumentos de incentivo a novos hábitos, a Quantum Engenharia passou a oferecer três linhas de financiamento para contribuir nesse sentido. Elas facilitam a aquisição de painéis solares e geradores para pequenos, médios e grandes empresários de Santa Cataria e Paraná. E tem capacidade para atender em todo o país, estando apta a ser um dos grandes players nacionais deste segmento em franco crescimento.

Em 2019, o mercado de energia solar brasileiro bateu recorde, ultrapassando os 2,4 GW instalados (aumento de 212%). Dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mostram que foram implementados mais de 110 mil sistemas fotovoltaicos de microgeração (até 75 kW) ou de minigeração (entre 75 kW e 5 MW) de energia, representando investimento na ordem de R$ 4,8 bilhões.

Informações de junho da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) apontam que, em maio de 2020, a energia solar passou a responder por 1,6% da matriz energética brasileira, o que significa que 2,87 GW de potência instalada no país provêm de uma fonte de energia limpa, renovável e sustentável. E a previsão é que o Brasil feche 2020 com 174 mil sistemas fotovoltaicos on-grid (0,21% das unidades consumidoras).

On-grid é o sistema formado por equipamentos que convertem a energia solar em eletricidade, ficando ligado à rede de energia. Assim, além de disponibilizá-la diretamente na rede elétrica, ainda envia o excedente à distribuidora. Isso permite economia de até 95% na conta de luz. De acordo com a Absolar, atualmente 304.427 unidades consumidoras já recebem créditos pelo Sistema de Compensação de Energia Elétrica no país. Número que tende a crescer.

A expectativa é que, até 2024, o Brasil tenha mais de 880 mil sistemas de energia solar conectados à rede distribuidora de energia, sempre com o foco voltado à preservação do nosso meio ambiente.

 

 

 

Por Dina Cleise de Freitas | ESTRUTURA de Comunicação

Imagem: Divulgação

 

 

 

Envie informações, fotos, vídeos, novidades, lançamentos, denúncias e reclamações para a equipe do Grupo Multi pelo WhatsApp 11 9 9511.5824 ou entre em contato pelo (11) 3675.4114

About Mega Moveleiros

Avatar
Portal de notícias e negócios para marcenarias, indÚstrias e revendas do setor moveleiro no Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top