Últimas

www.
Home / Notícias / Economia / Indústria mineira registra retomada do crescimento lenta e gradual
Indústria mineira registra retomada do crescimento lenta e gradual

Indústria mineira registra retomada do crescimento lenta e gradual

Fábricas de Minas registram aumento de 2,8% no faturamento e emprego cresce 0,7% no terceiro trimestre. Cadeia de produção de automóveis e o setor extrativo puxam reação

De forma gradual, a indústria mineira se recupera de uma das maiores crises da economia brasileira pelas quais já passou. A análise é da equipe técnica da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), que apresentou ontem os indicadores de desempenho das fábricas de Minas relativos ao terceiro trimestre de 2017. O aumento médio de 2,8% no faturamento real das empresas e o crescimento de 0,7% do emprego registrados no fim de setembro são motivo de comemoração para o setor. No entanto, no acumulado desde janeiro, houve queda na população ativa do estado, com recuo de 5,5% na taxa de emprego. Na retomada, se destacaram os segmentos automotivo e de exploração mineral.

“Houve pequeno crescimento no faturamento real, mas, dada a situação econômica do país, é um crescimento significativo”, explica Lincoln Gonçalves Fernandes, presidente do Conselho de Política Econômica e Industrial da Fiemg. A expansão da receita nos últimos três meses é considerada uma prova de que a economia está estabilizada e não deve voltar a sofrer quedas bruscas.
Segundo Lincoln Gonçalves, os pedidos para os estoques de Natal começaram fracos, mas, em outubro, houve crescimento da demanda, que deve aparecer no balanço final de 2017. “Os setores de brinquedos e vestuário normalmente já são fortes a partir de setembro, com aumento de pedidos e expectativas de grandes vendas. Isso não ocorreu. A expectativa, mesmo assim, é de que o Natal seja melhor do que o do ano passado”, afirma.
Quanto ao nível do emprego, o crescimento de 0,7% entre agosto e setembro foi apontado como animador, uma vez que encerrou um ciclo de quedas. Foi o primeiro resultado positivo desde janeiro de 2016. No entanto, frente ao mesmo mês do ano passado, o indicador caiu 4,3% e no acumulado do ano a situação continua preocupante, com queda de 5,2%.

“Ainda está difícil empregar no Brasil. Mas a curva do emprego indica que está subindo para 2018. Com os dados positivos, a tendência é a retomada das contratações de forma gradual, mas constante”, explica Guilherme Veloso Leão, superintendente de Ambiente de Negócios da Fiemg.

20171107075817508415e-1

A indústria extrativa mineral e o setor automotivo registraram dados positivos no terceiro trimestre e dão sinais de melhorias para a economia mineira. “O automotivo foi o que mais sofreu nos últimos anos. Teve quedas bruscas e fez muitas demissões. No primeiro semestre do ano, registrou aumento nas exportações e nos últimos três meses houve aquecimento do mercado interno. Já o setor do minério depende muito do preço internacional e a volta de demanda externa faz com que ele se valorize”, avalia Lincoln Gonçalves.

Investimentos

A equipe da Fiemg estima que os investimentos devem continuar retraídos ao longo de 2018, crescendo gradualmente de acordo com a recuperação econômica do país. Segundo Lincoln, a queda na taxa de juros, o sucesso de concessões ao setor privado e os programas de refinanciamento de dívidas do governo federal indicam que o país deverá se recuperar cada vez mais solidamente.
“O refinanciamento de dívidas permite que as empresas sobrevivam. É preciso deixar qualquer aspecto ideológico de lado e perceber que isso é positivo para o país. Elas passam a ter como pagar suas dívidas. Temos muitas empresas boas que estavam com a corda no pescoço e não poderiam ser descartadas”, afirma Lincoln Gonçalves. Segundo ele, a recuperação das empresas vai garantir que o Poder Público volte a arrecadar mais nos próximos anos, permitindo a retomada de investimentos públicos.

 

 

Por em.com.br

Imagem: Ilustrativa

About Mega Moveleiros

Portal de notícias e negócios para marcenarias, indÚstrias e revendas do setor moveleiro no Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top