Últimas
www.
Home / Notícias / Empresas / Fechamento do 1º semestre de 2021 revela forte recuperação da indústria moveleira frente igual período no ano passado
Fechamento do 1º semestre de 2021 revela forte recuperação da indústria moveleira frente igual período no ano passado

Fechamento do 1º semestre de 2021 revela forte recuperação da indústria moveleira frente igual período no ano passado

Enquanto olhares de diversas áreas e de diferentes partes do mundo se voltam ao mercado moveleiro em virtude da edição especial de retomada do maior evento do setor no planeta, o Salone del Mobile.Milano, o IEMI – Inteligência de Mercado lança a versão atualizada da “Conjuntura de Móveis”, relatório mensal encomendado pela ABIMÓVEL – Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário.

Trazendo os dados gerais do fechamento do primeiro semestre de 2021, tanto na indústria quanto no varejo de móveis no Brasil, a última Conjuntura revela leve recuo na produção moveleira no mês de junho, quando foram produzidas cerca de 31,3 milhões de peças. Apesar de representar uma queda de -1,2% em relação ao mês anterior, porém, tal número mantém-se acima da casa dos 30 milhões, considerado um desempenho significativo para a indústria de móveis nacional – veja a evolução no gráfico abaixo.

Com isso, o acumulado do primeiro semestre, ou seja, de janeiro a junho deste ano, somou crescimento de +31,7% em comparação com o mesmo período no ano passado. Resultado superior ao acumulado até o mês de maio (+29,5%), apontando consistência na indústria moveleira, que alcançou receita de R$ 6,6 bilhões em junho: recuo de -0,3% sobre o mês anterior e alta expressiva de +72,1% no acumulado do ano frente aos resultados do primeiro semestre de 2020, considerando a situação delicada vivenciada pela indústria durante a primeira onda da pandemia no Brasil.

Por falar em valores, é importante ressaltar também o preço médio de produção de móveis no período, que foi de R$ 211,50 por peça em junho de 2021: aumento de +0,9% em relação ao mês anterior e de +9,7% no ano.

Indicadores na indústria

Outros importantes indicadores na indústria se dão em relação à produtividade e ao emprego, com o último crescendo +0,3% no mês de junho sobre maio. Já no acumulado do ano houve aumento de +7,4% no volume de vagas ocupadas na indústria de móveis quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

O número de horas trabalhadas também foi maior em junho, tanto frente a maio do mesmo ano (+0,7%) quanto na comparação com o acumulado no primeiro semestre de 2020 (+21,7%). A produtividade do trabalho, no entanto, vivenciou queda de -1,9% na comparação mês a mês e de -3,7% comparando-se os primeiros seis meses deste ano aos do ano passado.

Quando o assunto é o investimento no chão de fábrica, porém, as importações de máquinas para fabricação de móveis apresentaram evolução positiva de +76,6% no acumulado do ano em relação a igual período de 2020. Com segmentos — tal qual o de máquinas para fender, seccionar ou desenrolar — passando dos +300% de ampliação. Ótimo indicativo para o futuro da indústria moveleira, que investe em tecnologia e atualização para atender com qualidade ao mercado nacional e também competir com eficiência no mercado global.

Indicadores no varejo

Por falar em atender à demanda de mercado, aliás, as vendas de móveis no Brasil caíram -3,9% em volume em junho de 2021 na comparação com o mês anterior. No acumulado do ano, contudo, o índice continua demonstrando avanço, com aumento de +17,5% no primeiro semestre de 2021 sobre igual semestre em 2020 e de +22,1% no acumulado dos últimos 12 meses (junho 2020 – junho 2021).

Quando falamos em receita, as vendas de móveis no varejo somaram R$ 8,6 milhões em junho de 2021. Mais um recuo na comparação mês a mês (-3,6%), mas com crescimento tanto no acumulado do ano (+11,3%) quanto em 12 meses (+23,3%).

Para fins de contextualização, tendo por análise o comportamento do varejo tanto em volume de peças quanto em receita, observa-se crescimento em toda a região Sul do Brasil; enquanto no Sudeste nota-se tendência de decrescimento na variação mensal. Veja os números detalhados nas tabelas abaixo:

————————————————————————————————————————————————————

VEJA: Fimma e Movelsul na contagem regressiva

————————————————————————————————————————————————————

Preço e inflação

O preço médio dos móveis no varejo foi de R$ 210,59 por peça em junho de 2021, declínio de -0,2% frente ao mês anterior. Já no mês seguinte, em julho, o preço médio voltou a crescer, subindo +0,7% na comparação com junho e chegando a R$ 211,98 por peça. O preço médio dos colchões no varejo também seguiu trajetória similar, indo de R$ 559 por peça em junho de 2020 (recuo de -7,6% em relação a maio) para  R$ 560 por peça em julho (+0,2% em julho sobre junho).

Segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, os preços nacionais de mobiliário apresentaram aumento de -0,66% em julho de 2021 frente ao mês anterior. No ano, o índice acumula um crescimento de +5,66% no varejo.

Quer conhecer mais números do setor moveleiro e ficar por dentro do panorama do mercado nacional? Baixe gratuitamente o relatório “Conjuntura de Móveis – Edição de agosto com dados de junho e julho de 2021” pelo link: http://abimovel.com/capa/acervo-digital/.

Veja abaixo alguns dos principais indicadores que você encontrará no estudo:

MÓVEIS: O NOSSO NEGÓCIO!
Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário – ABIMÓVEL

 

 

Por Thaís . Imprensa Abimóvel

Imagem: Divulgação

 

 

—————————————–

Somos o Grupo Multimídia, editora e agência de publicidade especializada em conteúdos da cadeia produtiva da madeira e móveis, desde 1998. Informações, artigos e conteúdos de empresas e entidades não exprimem nossa opinião. Envie informações, fotos, vídeos, novidades, lançamentos, denúncias e reclamações para nossa equipe através do e-mail redacao@grupomultimidia.com.br ou entre em contato pelo (41) 3235.5015.

Conheça outros de nossos canais do setor:

www.madeiratotal.com.br
www.revistavarejobrasil.com.br
www.megamoveleiros.com.br
www.revistause.com.br

About Mega Moveleiros

Avatar
Portal de notícias e negócios para marcenarias, indÚstrias e revendas do setor moveleiro no Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top