Últimas

www.
Home / Notícias / Arquitetura / Estudante de arquitetura da UFPR vence concurso regional com projeto executado e prêmio em dinheiro
Estudante de arquitetura da UFPR vence concurso regional com projeto executado e prêmio em dinheiro

Estudante de arquitetura da UFPR vence concurso regional com projeto executado e prêmio em dinheiro

Jessica Thaise Kasmirski, do nono período do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Paraná, conquistou o primeiro lugar no concurso regional promovido pelo Atelier 1901 e o Linked, ambos de Curitiba. O projeto intitulado Praça Linked foi o vencedor entre 12 finalistas e propõe um espaço de convivência entre moradores do Linked Paiol II e integrará um dos ambientes da área externa do novo empreendimento, conectando-o ao Linked Paiol I, edifício já finalizado no bairro Rebouças, na capital paranaense.

Além de ser executado, o projeto recebeu o prêmio de R$ 3,5 mil. Jessica também ganha um contrato de incubação com o Atelier 1901, primeira incubadora para arquitetos recém-formados do Brasil. Como incubada, a estudante poderá participar das atividades de capacitação e mentoria promovida pelo Atelier 1901 em Curitiba.

A divulgação do projeto vencedor aconteceu na última quinta-feira, dia 3 de dezembro, em live transmitida pelo canal do Atelier 1901 no YouTube. A transmissão com a apresentação dos 12 projetos finalistas pode ser conferida no link https://bit.ly/3glutFp.

Os projetos que ficaram em segundo e terceiro lugar também recebem contratos de incubação com o Atelier 1901 de acordo com a classificação. O Bike Station e Lounge Pub, de autoria dos estudantes Gabriela Honório Venetikides, Gabryelle Canha e Jairo Halluch, da PUCPR, ficou na segunda posição, enquanto que os estudantes André Briquese Gomes e Rebeca Rodrigues, do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Tecnológica do Paraná (UFFPR), conquistaram o terceiro lugar com outro projeto de convivência para a área externa do Linked Paiol II, chamado Happy Hour.

Além dos estudantes das três universidades de Curitiba, estiveram entre os finalistas alunos de outras instituições de ensino superior da capital paranaense (como FAE e UNIBRASIL) e, também, do Rio Grande do Sul (PUCRS e UNISC/RS). Ao todo, 105 estudantes matriculados em várias instituições do Sul do país participaram do concurso que trouxe uma metodologia diferenciada, que incluiu não só imersões no projeto do empreendimento e no seu entorno, mas também mentorias e consultorias de fornecedores patrocinadores e outros escritórios de arquitetura de Curitiba.

Diferencial do concurso

Outro diferencial do concurso foi a possibilidade de os estudantes proporem o uso para um dos ambientes da área externa do Linked Paiol II, novo empreendimento Linked em Curitiba, durante uma maratona criativa dividida em duas etapas. O projeto vencedor trouxe a ideia de integrar espaços e promover a convivência entre os moradores do novo edifício, chamados Linkers, garantindo a possibilidade de individualidade em um ambiente com múltiplas utilizações, mas permitindo que novas relações possam se estabelecer na ideia da praça proposta pela aluna da UFPR. O ambiente também irá conectar o Linked Paiol I com o novo empreendimento, que terá construção prevista para o segundo semestre de 2021.

Para Ari Stechman Neto, CEO do Linked e um dos membros da comissão julgadora que avaliou os 12 projetos finalistas, a Praça Linked foi uma proposta assertiva. Além de poder conectar moradores dos dois edifícios, o projeto cria uma área comum na qual as experiências se somam, criando uma unidade entre os dois Linkeds. “De forma precisa, o projeto conseguiu captar a essência dos nossos empreendimentos, criando formas de relacionar não só moradores de um Linked, mas com ambos edifícios”, revela.

No geral, Neto avalia como uma experiência enriquecedora o concurso. “Vamos utilizar esse formato para os demais Linkeds. Foi bastante interessante e animador perceber que a proposta do Linked foi compreendida por todos os participantes do concurso, com soluções muito originais nos projetos apresentados. Infelizmente, somente um projeto tinha de ser escolhido, mas todos os participantes estão de parabéns pelos seus trabalhos. O resultado foi incrível e revelou o talento desses futuros profissionais de arquitetura”, comenta.

De acordo com Ismael Gustavo Zanardini, idealizador do Atelier 1901 e do concurso, além do aprendizado adquirido, o concurso trouxe novas ideias para um empreendimento que tem entre seus públicos-alvo também estudantes. “Esta perspectiva foi muito importante, trazer para o empreendimento visões de clientes potenciais. Mas a experiência do concurso foi muito enriquecedora, tanto para os participantes, como para o Linked e também para o Atelier 1901, que receberá os primeiros colocados para um processo de incubação, com o objetivo de poderem desenvolver suas futuras carreiras na incubadora”, diz.

Praça Linked

Espaço para múltiplos usos, o projeto vencedor do concurso Linked tem o propósito de dar suporte para a construção de novas relações entre os linkres, conectando as duas unidades do Linked Paiol, no bairro Rebouças, em Curitiba, e também os seus moradores. De acordo com Jessica, o projeto foi pensado para ser, em microescala, um espaço público que permite o encontro e outras atividades.

————————————————————————————————————————————————————

VEJA: Descubra as tendências tecnológicas que devem impactar o mundo

————————————————————————————————————————————————————

Por permitir diferentes utilizações, o espaço se configura de acordo com os interesses e apropriação de cada usuário, de acordo com o momento. Para isso, a escolha de um mobiliário que também permitisse múltiplos usos, como suporte do conceito inicial. Desta forma, segundo a estudante, a praça permite a interação, contato e criação de laços entre os linkers.

Esta ideia é reforçada pela atmosfera pensada para o ambiente, que valoriza o acolhimento e o lúdico por meio de cores divertidas e envolventes, como o laranja, que já integra a palheta do Linked. Barras metálicas criam linhas no espaço, o que remetem à conectividade, um dos conceitos do empreendimento. Telas de alambrado, trepadeiras e redes são outros elementos incluídos na proposta, reforçando a ideia das relações que pretendem ser criadas no local.

Para Jessica, o desenvolvimento do projeto partiu da concepção original do Linked, podendo contribuir de forma positiva com os propósitos do empreendimento. “A escolha de integração entre os dois edifícios não havia sido revelada inicialmente, mas se confirmou como uma opção acertada para a proposta”, conta ela que, além de ter considerado muito importantes as etapas de assessoria e mentoria com outros arquitetos realizadas durante a maratona criativa, acredita que o resultado a ajudará nos primeiros passos da carreira.

“Tanto o apoio e colaboração do Atelier 1901 na primeira etapa, como a mentoria com a arquiteta Talita Nogueira na segunda, foram essenciais para o desenvolvimento do projeto. Acredito que, com a proposta executada e como incubada do Atelier 1901, poderei ter suporte para o meu início de carreira”, revela.

Outras propostas vencedoras

Além da Praça Linked, os projetos que terminaram em segundo e terceiro lugar também terão contratos de incubação com o Atelier 1901, mediante a classificação. A “medalha de prata” do concurso foi para os alunos de Arquitetura da PUCPR, Gabriela Honório Venetikides, Gabryelle Canha e Jairo Halluch, que propuseram um lounge para a interação entre os moradores, que valorizasse a alegria e o bem-estar dos linkers.

O terceiro lugar foi para André Briquese Gomes e Rebeca Rodrigues, da UTFPR, que também trouxeram a ideia de lounge para happy hour e encontros noturnos entre os usuários, com uma atmosfera diferente dos outros espaços do Linked Paiol II, como o coworking, remetendo a um lugar fora que parecesse estar longe de casa e do trabalho, mas que está no mesmo espaço.

 

 

Por Fernando Henrique Oliveira

Imagens: Divulgação

 

 

 

Envie informações, fotos, vídeos, novidades, lançamentos, denúncias e reclamações para a equipe do Grupo Multi pelo WhatsApp 11 9 9511.5824, por e-mail no redacao@grupomultimidia.com.br ou entre em contato pelo (41) 3235.5015.

About Mega Moveleiros

Avatar
Portal de notícias e negócios para marcenarias, indÚstrias e revendas do setor moveleiro no Brasil.

One comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top