Últimas

www.
Home / Artigo / Estratégias digitais para os lojistas brasileiros se destacarem no mercado
Estratégias digitais para os lojistas brasileiros se destacarem no mercado

Estratégias digitais para os lojistas brasileiros se destacarem no mercado

 

Por Carlos Alves*

Tendência no mundo do varejo eletrônico, os marketplaces – shoppings centers virtuais – se apresentam como carro-chefe das estratégias digitais para aumentar o alcance e a quantia de vendas de e-commerces de pequeno e médio porte, democratizando as oportunidades presentes no ambiente on-line. Segundo levantamento realizado pela Precifica, em parceria com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), no segundo trimestre de 2017 houve um aumento de 32,1% na quantia de varejistas atuando nos marketplaces. Ou seja, cada vez mais varejistas se interessam e colocam em prática estratégias comerciais que envolvem a parceria com esses ambientes.

Esse cenário é favorável, também, ao cliente, que passa a ser capaz de encontrar diversos fornecedores diferentes em uma só plataforma, o que facilita sua visualização e decisão de compra, tornando a jornada do consumidor algo mais natural e agradável. Além disso, nesse cenário, os consumidores começaram a dar mais valor à atendimentos diferenciados e melhores experiências em seu relacionamento com as marcas e empresas, dando ainda mais destaque para os pequenos e médios empreendedores, que conseguem trabalhar melhor o Customer Experience (CX), impondo uma nova dinâmica ao mercado, onde o marketplace aparece como uma boa oportunidade de venda e escala rápida, pontos que antes deveriam ser tratados com prioridades pelos vendedores, agora podem ser mantidos em segundo plano, pois os grandes hubs já fazem esse trabalho de marketing, impulsionando os resultados de todos.

Assim, os pequenos e médios players podem se focar em outros aspectos, como a gestão de caixa e estoque, garantindo maior rotatividade e, consequentemente, menor custo de aquisição. Assim, a tendência é que exista cada vez mais preocupação com esses vendedores, que tem ganho muito espaço no mercado ao oferecer experiências diferenciadas e jornadas personalizadas para os consumidores que, por sua vez, valorizam esse tipo de ação cada vez mais por fazer com que eles se sintam mais importantes e participativos no mundo corporativo. Dessa maneira, investir em novos formatos de relacionamento, fazendo com que sua loja seja facilmente diferenciada das outras dentro dos marketplaces deve ser, atualmente, a principal estratégia para os lojistas que querem se destacar em um dos mercados que mais cresce no Brasil.

* Diretor de Marketplace da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) e do Magazine Luiza, Carlos Alves é um dos precursores dos shoppings virtuais no país, sendo o primeiro lojista e integrar sua loja em todos os grandes players do comércio eletrônico nacional

Sobre Carlos Alves:

Formado em Engenharia da Produção pela Unifei, pós-graduado em Gestão Empresarial pela FGV e especialista em Gestão Empreendedora pela Fundação Dom Cabral, com extensão na Universidade do Canadá, Carlos Alves é proprietário da Casa América, empresa em atuação há mais de 60 anos no mercado, e também já foi Diretor de Vendas Internacionais da Whirpool, detentora das marcas Brastemp e Consul, atuando em toda América do Sul. Ele foi fundador da empresa Integracommerce, um dos principais hubs de integração de produtos com os grandes e-commerces do Brasil e que, mais tarde, foi vendida para o Magazine Luiza, um dos maiores varejistas brasileiros.

Por Priscila Gomes – NB Press

Imagem: Ilustrativa

About Mega Moveleiros

Portal de notícias e negócios para marcenarias, indÚstrias e revendas do setor moveleiro no Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top