Últimas

www.
Home / Notícias / Cursos / Empresas devem tomar decisões de preço com base em números, não em achismos
Empresas devem tomar decisões de preço com base em números, não em achismos

Empresas devem tomar decisões de preço com base em números, não em achismos

“Os empresários devem começar a gerenciar seus negócios de acordo com os número e dados que a empresa apresenta, não em função de “achismos”. Assim que uma empresa passa a ser gerenciada com conhecimento sobre seus custos, fica muito mais prático e fácil de se alcançar o sucesso na atividade empresarial” orientou o palestrante Braulino José dos Santos durante o curso sobre “A melhor forma de definir custos para decisão e formação de preços”.

Oferecido pelo Sindicato da Indústria Madeireira e Moveleira do Vale do Uruguai (SIMOVALE) e Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ), o treinamento orientou os empresários sobre como aproveitar melhor as informações repassadas pelos seus escritórios de contabilidade visando melhores estratégias para formação de preços.

“As empresas erram na formação de preços e quando erram, não vêem as consequências de imediato, e sim a médio e longo prazo, porque ela deixa de capitalizar recursos”, enfatizou. Com duração de 8 horas, o curso trouxe conceitos de contabilidade, controle de estoques, classificação dos custos, despesas e investimentos, método de rateio, departamentalização, composição do markup, erros na formação do preço, formação do preço de venda e reflexos da tributação no preço de venda. Também exemplos de insucesso na formação do preço, simulações com relação volume, preço, custo e lucro, cálculo do ponto de equilíbrio contábil, econômico e financeiro, margem de contribuição, aplicabilidade da equação, custo volume e lucro e exercícios envolvendo empresas dos segmentos da Indústria, Comércio e Serviços.

“O curso, que vem sendo realizado há muitos anos e em várias regiões do País, ensina os empresários, administradores, gerentes, assistentes, estudantes e outros profissionais sobre a importância da contabilidade dentro das empresas, a importância de se reduzir custos e um correto preço para vendas”, afirmou o palestrante. Cada vez há mais procura por esse tipo de formação, voltada às finanças e, segundo Santos, isso se deve em muito pela concorrência que o mercado atual oferece e às condições criadas pelo próprio mercado que fazem com que se preze cada vez mais pela economia para competitividade.

 

 

Por MB Comunicação

Imagens: Divulgação

About Mega Moveleiros

Portal de notícias e negócios para marcenarias, indÚstrias e revendas do setor moveleiro no Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top