Últimas

www.
Home / Notícias / Empreendedorismo / Apps respondem por quase 90% do tempo que usuário gasta no celular
Apps respondem por quase 90% do tempo que usuário gasta no celular

Apps respondem por quase 90% do tempo que usuário gasta no celular

Levantamento apresentado durante o Mobilidade 2018 revela que os quatro apps mais utilizados pelas pessoas respondem por 97% do tempo gasto no dispositivo móvel para pessoas acima de 55 anos nos USA

Os aplicativos móveis são responsáveis por 89% do tempo que o brasileiro gasta no celular, índice acima da média mundial, que se situa em 80%. Os números, que fazem parte de um levantamento realizado pela comScore, foram apresentados durante o Mobilidade 2018, evento promovido em São Paulo nesta terça-feira (06/11), pelo IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau).

O levantamento da comScore apontou outros pontos relevantes sobre o comportamento do usuário de celular no Brasil, como o fato de que as pessoas utilizam geralmente os mesmos apps, tornando difícil instalar novos aplicativos. O app preferido dos usuários é responsável por metade do tempo que ele passa com o celular nas mãos. “Os dois aplicativos mais usados respondem por 80% do tempo, índice que salta para 89% se ampliarmos o universo para os três apps preferidos, e alcança 97% quando são considerados os quatro apps mais usados no celular ou smartphone nos Estados Unidos para audiências acima de 55 anos. Isso significa que qualquer estratégia mobile de uma marca precisa levar em conta um app que já existe”, destacou Luciana Burger, diretora da comScore.

Ela observou que o Brasil segue uma tendência mundial que aponta que pelo menos metade dos usuários já não está mais propensa a baixar novos aplicativos. “Estamos atingindo um platô típico do amadurecimento do mercado”, diz Luciana.

O Brasil apresenta um comportamento muito similar aos de outras economias, como a norte-americana, onde os usuários de smartphones têm passado mais tempo usando o celular. “O interesse por aplicativos de m-commerce nos EUA cresceu 47% no último ano, mas este movimento não foi acompanhado  pelo volume de compras, situação que revela um grande desafio, para que as marcas criem um modelo próprio e correto de atribuição, e também representa uma enorme oportunidade, para ampliar as transações pelo mobile”, acrescentou Luciana.

Entre as conclusões do estudo, ela cita o amadurecimento do mercado, o impacto das transações mobile para o crescimento de várias categorias de produtos e serviços e a tendência à estabilização na dinâmica da audiência.

Conheça o IAB Brasil: Com mais de 250 associados, o IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau) reúne as principais empresas do mercado digital entre veículos, agências, anunciantes e empresas de tecnologia. Entidade sem fins lucrativos, tem como missão contribuir para o desenvolvimento da publicidade digital no Brasil incentivando à criação de boas práticas em planejamento, criação, compra, venda, veiculação e mensuração de ações publicitárias digitais.

 

 

 

Por Caio Ramos – GP Comunicação

Imagem: Freepik

About Mega Moveleiros

Portal de notícias e negócios para marcenarias, indÚstrias e revendas do setor moveleiro no Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top