Últimas

www.
Home / Notícias / Dica / 5 dicas de estoque do Sebrae
5 dicas de estoque do Sebrae

5 dicas de estoque do Sebrae

Gestão é fundamental para a estabilidade financeira das micro e pequenas empresas

A gestão do estoque possui impacto direto na saúde financeira da empresa. Muitas vezes pode parecer – erroneamente – menos importante, mas o estoque pode ser a origem de grandes perdas para a empresa, um obstáculo que impede o empreendimento de crescer ou o motivo de uma procura desesperada pelo crédito.

Por meio do controle de estoque, o empreendedor tem condições de quantificar o volume disponível de cada item dentro da loja e também quanto dinheiro esses produtos valem. Embora seja uma tarefa básica e muito importante, é comum o empresário de micro e pequena empresa ter dificuldade para realizar um controle eficaz, acabando por apresentar “furos de estoque”. A falta de organização pode trazer diversas consequências, como a falha em mensurar se o consumo dos materiais está de acordo com as necessidades, a possibilidade de desvios e o impacto nas vendas e produtividade de funcionários.

O Sebrae reuniu cinco dicas para te ajudar a controlar o estoque, confira abaixo. Não perca também as sugestões sobre este e outros temas relacionados ao empreendedorismo no canal do Sebrae no YouTube.

1. Conheça o prazo médio de entrega dos seus fornecedores e o volume de vendas médias semanais

Manter um estoque baixo significa otimização dos processos de compra e vai exigir menos capital de giro imobilizado. Procure manter sempre apenas o estoque para o período/semana/mês seguinte.

2. Acompanhe as tendências e novos produtos

Caso esteja vencendo uma estação ou chegando uma nova linha de produtos, observe o seu estoque. Se o volume de produtos armazenados estiver alto, faça uma promoção para vende-los e assim gerar dinheiro em caixa para adquirir uma nova linha.

3. Não tenha grandes estoques

Produto em estoque é produto desvalorizando e correndo risco de perda/roubo/extravio. Evite comprar grandes quantidades apenas pelo desconto do seu fornecedor. Compre o necessário para a sua empresa no período. Além disso, um grande estoque envolve um grande espaço de armazenamento, aumentando o seu custo de aluguel.

4. Tenha tudo anotado

Empresa com controles digitais e eletrônicos são mais competitivas, e você gastará menos tempo fazendo controles manuais. Tenha um software como aliado nesse processo.

5. Antecipe-se a datas comemorativas

Em datas de maior venda para a sua empresa, aumente o seu estoque para atender à procura. Nesses períodos, é melhor se prevenir e ter produtos disponíveis para venda, nem que para isso seja preciso fazer adaptações temporárias na sua estrutura (física). Tenha ciência de que você também precisará de maior capital de giro para isso, afinal é melhor ter produtos para vender do que perder vendas pelo baixo estoque.

 

 

 

Por Sebrae

Imagem: Vectorpouch

About Mega Moveleiros

Avatar
Portal de notícias e negócios para marcenarias, indÚstrias e revendas do setor moveleiro no Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top