Últimas

www.
Home / Notícias / Dica / 5 dicas de especialista para aumentar a usabilidade da sua loja virtual
5 dicas de especialista para aumentar a usabilidade da sua loja virtual

5 dicas de especialista para aumentar a usabilidade da sua loja virtual

Antecipar a maneira como o usuário interage com um site pode garantir mais clientes para o e-commerce

Por Ana Carolina Steinbach, Designer Sênior da HostGator

A facilidade de navegação e do fluxo para encontrar informações importantes são determinantes para o sucesso de um e-commerce. Um visual limpo e uma interface intuitiva são pontos decisivos que possibilitam (ou impedem) os usuários e futuros clientes a realizarem ações em um site, além de influenciar diretamente no tempo em que passam navegando nele.

A navegabilidade descomplicada pode, inclusive, impulsionar novas compras. Não é à toa que a experiência dos usuários em ambientes online tem recebido atenção especial no universo de Design. E, quando se fala em experiência do usuário, fala-se em antecipar a maneira como o visitante pensa e age. Alguns fatores devem ser levados em conta nesse quesito:

1. Conheça o público-alvo

Para construir um ambiente que proporciona uma boa experiência de navegação, é preciso saber mais sobre o usuário e futuro cliente do e-commerce, ou seja, quais são suas preferências e características mais gerais.Trabalhar na criação de personas pode sugerir o comportamento e necessidades da pessoa-chave que você quer atingir. A partir dessas informações, coloque-se no lugar desse usuário, elegendo suas prioridades e quais tipos de dispositivos usam. Se for identificado que o seu público-alvo usa mais o celular, por exemplo, procure utilizar recursos que favoreçam a usabilidade no mobile, prevendo de qual maneira o layout e funções irão se comportar neste dispositivo.

2. Crie um fluxograma do seu site

Qualquer sequência, como um livro ou um filme, precisa seguir um fluxo coerente e lógico de informações. O mesmo vale para um e-commerce. Faça uma análise de como as páginas se conectam entre si e qual o fluxo ideal de navegação, desde o momento em que o usuário acessa a home, até a finalização do pedido. Essa prática evita possíveis erros de navegação e refação de layout e desenvolvimento. Além disso, considere a sequência de elementos que você quer que as pessoas vejam. Informações importantes sobre a empresa e sobre os produtos, por exemplo, precisam estar em destaque.

3. Faça um wireframe, o “rascunho” do site

O wireframe é um esboço inicial da estrutura do site, que não contém cores, imagens ou textos. Ele é um aliado no momento de definir o posicionamento de cada item e os espaços entre ícones, textos e imagens. O wireframe também facilita a compreensão de como será o fluxo da página, porque ele permite uma visualização da estrutura completa do site, de forma clara. Esse rascunho pode ser feito através de algum programa específico, aplicativo, ou até mesmo a mão. Com isso, as chances de possíveis erros na estruturação do layout e no fluxo de navegação também são reduzidas.

4. Mantenha uma unidade visual

Em relação ao layout, procure definir um padrão para cores e espaçamentos em todas as páginas. Tenha em mente ainda o estilo que será adotado em ícones e imagens. O visual do e-commerce também precisa ser determinado pelas características da sua marca e pelo perfil do público que irá utilizá-lo. Isso torna a experiência de quem navega muito mais coerente e agradável.

5. Faça testes

Uma boa página exige muitos testes. Avalie cada passo de navegação, mesmo depois que o seu site for publicado. Melhorias contínuas serão inevitáveis. Faça testes em relação a posição de botões, a localização de produtos e até nas cores utilizadas. Documentar as mudanças é essencial para medir os resultados e garantir a eficiência da página. O Google Analytics pode ajudar a criar os testes e documentá-los. Para comparações e análises de navegação do seu site será necessária uma ferramenta de mapa de calor e clique, como o HotJar ou CrazyEgg, que permitem uma visualização do real fluxo percorrido pelos clientes. Outro ponto importante: mantenha atualizadas as informações do e-commerce, como conteúdo, imagens e informações. Isso contribui para aumentar o tempo em que o usuário fica dentro da sua página. Visitar um e-commerce que carece de informações e produtos é, no mínimo, frustrante.

Para concluir, quando se trata de experiência do usuário, não há fórmulas prontas. Testes e pesquisas possibilitam melhorias visando um e-commerce bonito, funcional e intuitivo. Lembre-se de que, no fim das contas, melhorar a usabilidade do site não deixa de ser também uma forma de atender bem o seu cliente.


* Por Ana Carolina Steinbach é designer gráfico da HostGator, um dos principais provedores de hospedagem de sites e outros serviços relacionados à presença online do mundo. Fundada em outubro de 2002 nos Estados Unidos, a empresa está no Brasil há dez anos, e conta com um escritório em Florianópolis. Representada pela Endurance International Group, a HostGator tem forte atuação em países como Brasil, Estados Unidos, México, Chile, Colômbia, Índia, China, Rússia.

 

 

 

Por Gabrielle Bittelbrun

Imagem: @freepik

About Mega Moveleiros

Portal de notícias e negócios para marcenarias, indÚstrias e revendas do setor moveleiro no Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top